CASES

Segunda 19.07

17:00H

SIM SP – Semana Internacional da Música
Convidada:

Fabiana Batistela

Mediação:

Raquel Vilarino Reis

Fabiana Batistela
Formada em Comunicação Social pela Escola Superior de Propaganda e Marketing e começou sua vida profissional como repórter da Revista Bizz. Em 2002, fundou a Inker Agência Cultural, empresa especializada em assessoria de comunicação para artistas e eventos de música, assim como consultoria, idealização e produção de projetos. Com um currículo vasto, a agência já realizou diversos eventos e projetos dedicados à nova produção musical brasileira e inúmeras turnês de bandas internacionais no Brasil. Fabiana também é diretora geral da Semana Internacional de Música de São Paulo (SIM São Paulo/ www.simsaopaulo.com), ganhou o prêmio WME Awards by Music2 em 2018 na categoria Empreendedora da Música do Ano e é mãe do Luiz desde novembro de 2019.

Raquel Vilarino Reis

Graduada em Ciências Econômicas, mestra em Teoria Econômica e Desenvolvimento Econômico. Dentre outras experiências, estou há 8 anos no SEBRAE-MG como Gestora de Projetos nas áreas de Economia Criativa, sendo responsável pela carteira de Projetos da Cultura de Belo Horizonte e Região, onde atuo levando o empreendedorismo e a visão de negócios para o âmbito da cultura. A ação mais relevante do meu trabalho é a promoção e realização do PROGRAMA DE SOLUÇÕES ESTRATÉGICAS PARA O SEGMENTO DA MÚSICA, que tem como objetivo capacitar artistas, produtores e gestores do setor musical, de modo a torná-los aptos a enfrentar as adversidades características do universo da música, a encontrar soluções e a desenvolver a carreira de maneira sustentável.

Terça 20.07

17:00H

empreendedorismo cultural

Elas na Música
Convidada:

Lívia Itaborahy

Mediação:

Jaqueline Lima

Lívia Itaborahy
Cursou canto lírico na fundação Clovis Salgado entre 2009 e 2011 e em seguida começou a cursar licenciatura em educação musical pela UEMG, onde se formou no último ano. Participou como compositora de festivais da canção como o FEMUVRE, FEMPEL e Festival de Música das Minas Gerais onde foi finalista por dois anos. Em 2013 foi selecionada como intérprete pelo Edital do Projeto Elas de Minas e em 2014 participou do programa The Voice Brasil onde interpretou a canção Vieste de Ivan Lins. Em 2016 passou uma temporada de investigação na Argentina onde cursou matérias como Tango e ritmos latinoamericanos. Participou como compositora e intérprete de mostras como Mulheres Criando e Sonora e em 2018 foi selecionada pelo edital do Sarau Minas Tênis Clube para interpretar Ivan Lins. Atualmente é intérprete convidada do programa de fados, tangos e clássicos da música Brasileira da Orquestra Ouro Preto e se apresenta com o Show SOY SOSA – Um tributo a Mercedes Sosa. É Criadora e organizadora do sarau Mata da Corda que abre espaço para a mostra de trabalhos autorais e se prepara para gravar seu primeiro CD.

Jaqueline Lima
Mestre em Administração de Empresas com ênfase em Marketing/Comportamento do Consumidor, MBA em Marketing e MBA em Relacionamento com o Cliente. Especialista em Eventos, Etiqueta e Cerimonial. Analista do Sebrae Minas, na Unidade de Educação e Empreendedorismo, sendo gestora do CER e do Sebrae DELAS. Sócia da Ornamento.

Quarta 21.07

17:00H

empreendedorismo cultural

Elas no Audiovisual
Convidada:

Raquel Hallak

Mediação:

Carol Braga

Raquel Hallak
Sócia-diretora da Universo Produção desde sua criação em 1994. Membro-fundadora do Instituto Universo Cultural em funcionamento desde 2007. Membro da Câmara da Indústria da Comunicação e Audiovisual - FIEMG Membro do Sindicato da Indústria do Audiovisual - SINDAV Idealizadora e coordenadora geral do Cinema sem Fronteiras – programa internacional de audiovisual que reúne todos os empreendimentos de cinema que a Universo Produção promove no Brasil desde 1998, com destaque para a Mostra de Cinema de Tiradentes (24 edições realizadas - foco no cinema brasileiro contemporâneo), a CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto(15 edições realizadas - foco na preservação, história e educação), a CineBH - Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte (14 edições já realizadas - foco no mercado audiovisual) e o Brasil CineMundi – Encontro Internacional de Coprodução – evento de mercado do cinema brasileiro realizado em edições anuaisi desde 2010. Idealizadora e coordenadora do programa Cine-Expressão que oferece atividades que unem as linguagens cultura e educação e da Turma do Pipoca – programa e personagens com atuação lúdica e informativa. Atua na elaboração, desenvolvimento e realização de ações e programas de vanguarda e inovação com foco na economia criativa e ênfase no segmento audiovisual

Carol Braga
Doutora em Comunicação e sociabilidade contemporânea (Universidad Autónoma de Barcelona/UFMG, 2013), mestre em Jornalismo e novas linguagens (Universidad Autónoma de Barcelona, 2009) e pós-graduada em crítica de música pop e cinema (Universidad Ramon Llull, 2008), de Barcelona. Realizou estágio pós-doutoral na UFMG (2018), com projeto sobre narrativas transmídia. Jornalista cultural desde 2001, com experiências de crítica e reportagem na rádio Guarani, na TV Alterosa e no caderno de cultura do jornal Estado de Minas. Colaborou com veículos como a revista Bravo e Correio Braziliense. Idealizadora e editora do portal Culturadoria. É professora universitária desde 2014.

Sexta 23.07

17:00H

empreendedorismo cultural

Elas no Teatro
Convidada:

Clarice Castanheira

Mediação:

Carol Braga

Clarice Castanheira
Sócia fundadora do Microteatro La Movida. Formada em publicidade pela Puc Minas e antes de completar os cursos de letras e jornalismo, foi definitivamente fisgada pela produção cultural, área que atua desde 2001. Trabalhou em grandes companhias, festivais e espaços culturais da cidade e atualmente se dedica à gestão do Microteatro e integra a equipe de programação do Sesc Palladium, em Belo Horizonte.















Carol Braga
Doutora em Comunicação e sociabilidade contemporânea (Universidad Autónoma de Barcelona/UFMG, 2013), mestre em Jornalismo e novas linguagens (Universidad Autónoma de Barcelona, 2009) e pós-graduada em crítica de música pop e cinema (Universidad Ramon Llull, 2008), de Barcelona. Realizou estágio pós-doutoral na UFMG (2018), com projeto sobre narrativas transmídia. Jornalista cultural desde 2001, com experiências de crítica e reportagem na rádio Guarani, na TV Alterosa e no caderno de cultura do jornal Estado de Minas. Colaborou com veículos como a revista Bravo e Correio Braziliense. Idealizadora e editora do portal Culturadoria. É professora universitária desde 2014.